Greve dos Bancários

O que fazer quando há uma greve dos bancários?

Já virou evento anual no calendário dos brasileiros. Uma greve dos bancários ocorreu todo ano, pelo menos nos últimos 10 anos.

O Idec, Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, orienta que o consumidor busque formas alternativas para realizar os pagamentos. A greve dos bancários não é desculpa para atrasar pagamentos. Porém, como a greve não é de responsabilidade do fornecedor nem do consumidor, não podem ser impostas penalidades, como multa e juros, no caso do atraso do pagamento.

A PROTESTE entende que a greve é um direito social garantido aos trabalhadores pela Constituição. Entretanto, não exime as empresas (no caso, as instituições financeiras) de garantir aos consumidores a prestação dos serviços essenciais no transcorrer da greve.

O primeiro passo é ligar para seu banco e perguntar se sua agência está funcionando ou não. Se não estiver, o banco deve informar a agência mais próxima que não foi paralizada pela greve.

greve-banco-1444239783399_600x710

Contas Atrasadas

Boletos vencidos não podem ser pagos nos caixas eletrônicos ou pela Internet sem antes serem atualizados, seja no site do banco ou com o próprio fornecedor.

O Idec recomenda que consumidor se programe para realizar o pagamento, de preferência antes mesmo da data de vencimento da conta.

Depósitos, Saques e Transferências

Aposentadoria

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS poderão retirar, como de costume, o dinheiro nos caixas eletrônicos. Entretanto, os aposentados e pensionistas que recebem pela Caixa Econômica Federal só poderão retirar o benefício nas casas lotéricas.

Saques e Depósitos

Retiradas e depósitos de dinheiro podem ser feitos nos terminais de auto-atendimento/caixas eletrônicos/rede Banco 24 Horas.

Aplicações e Investimentos

Aplicações financeiras podem ser feitas e acompanhadas por Internet Banking, caixas eletrônicos, telefone e apps de smartphone dos bancos.

Empréstimos

É possível contratar empréstimos por meio de bankfones e Internet Banking.


Fontes: Idec, PROTESTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *